"E a vida existe e também é bonita. E se renova. Tem lados de luz."

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Perecível


Sobe na cama para alcançar a parte mais alta do guarda-roupa, pois é lá que está aquele cemitério de lembranças, um monte de papéis de diferentes formas e cores, todos com letras caprichadas. Joga tudo no tanque, que geralmente usa para lavar roupas, risca o fósforo, o fogo consome.
Às vezes, dizemos a alguém que não conseguimos viver sem essa pessoa, e usamos expressões como "nunca mais", "sempre"... Tudo tão drástico, tão sem lógica. E é tudo uma mentira lavada, mas não mentimos por maldade, simplesmente acreditamos muito nessa mentira, porque é bom acreditar que encontramos a pessoa da nossa vida. A mentira é importante, essa ideia de eterno (nem o acento de ideia conseguiu ser eterno) é uma bobagem juvenil, o mundo muda, gira,nem as cartas tem de ser eternas, quem um dia te disse "te amo" no outro diz "morra", e você acha que isso te machuca? Não, por mais incrível que pareça, você nem liga!
E é nisso que aquele passado estúpido se transforma, em cinzas, em nada, e isso faz um bem danado ao coração que um dia foi magoado, hoje só tem espaço para a felicidade que alguém encantador traz.

6 comentários:

  1. -

    Também faço parte dessa ideologia.

    ''O sempre, sempre acaba''.

    E a gente? ... Apenas revigora. (:

    Belas palavras ;*

    ResponderExcluir
  2. Conheci seu blog na comunidade Caio Fernando Abreu.
    Gostei muito e estou seguindo.
    Acho que ter um blog significa ter um espaço para dividir com pessoas de todo lugar do mundo, coisas que gostamos, pelas quais nos apaixonamos, aquilo que move nossa alma e nosso coração. Você faz isso muito bem.
    Parabéns!

    http://sabordaletra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. (tinha colocado um comentário antes, mas acho que o wordpress está meio louco, e não quis aproveitá-lo. Vamos tentar de novo!)

    Fiquei pensando sobre o post. Sobre o que é verdade e o que é mentira em tudo que a gente diz quando está apaixonado. Acho (na verdade constato) que a paixão é uma sensação/sentimento que nos faz transbordar, e dizer muitas coisas inconsequentes e até um pouco reais. Mas precisamos ver a verdade e a mentira não através da perspectiva científica e empírica, mas sim percebermos/sentirmos o que a outra pessoa está dizendo.

    Nesse sentido, acho que deixei de encanar. É verdade. O que não significa que nunca vai mudar. Mas precisamos acreditar que é algo maior, porque boa parte da paixão reside na transcendência de sensações que nos inebriam de forma quase (e às vezes intensamente) irracional.

    beijos!

    Gabriel

    ResponderExcluir
  4. O amor é eterno, tudo o que ele faz é mudar de rosto as vezes.

    ResponderExcluir